Zé Rosa

Gente - Bom Jesus do Itabapoana


 

Vindo de Airituba, no Espírito Santo, José Soares Calheiro radicou-se em Rosal e, inspirado pelo local que o acolheu, inovou a musicalidade da vila. Ao lado de Chiquinho Nunes,  "Zé Rosa", fez a vitrola tocar em Rosal, na década 1950. Os moradores e visitantes do distrito de Bom Jesus do Itabapoana puderam, a partir de então, ouvir clássicos da música instrumental brasileira e o melhor do chorinho. Nessa época, promovendo noites dançantes aos fins de semana, Zé Rosa, que havia acabado de adquirir uma vitrola Hifi, apelidada "Criado Musical", apresentou a Rosal os LPs de chorinho de Severino Araújo (da Orquestra Tabajara), Abel Ferreira, Villa-Lobos, Waldir Azevedo, Pixinguinha e Altamiro Carrilho. A paixão de Zé Rosa pela música deu origem à tradicional Festa de Rosal.

 

Serviço

Endereço: Bom Jesus do Itabapoana - RJ

Navegue pelo Mapa

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações