Seu Titino

Gente - Teresópolis


 

Galeria de Fotos

Seu Titino. Foto: Isabela Kassow / Diadorim Ideias
< >

Em busca de cura e alento, é preciso ir longe, subir bem alto, em estrada de terra com muitas curvas. E esperar na fila, na porta da casa de Seu Titino, um dos rezadeiros mais respeitados de Teresópolis. "Faz 56 anos que eu rezo e as pessoas vêm pedir e agradecer milagre", ele explica, diante de um altar repleto de imagens religiosas, velas e retratos.

Seu Titino. Foto: Isabela Kassow / Diadorim Ideias

Aos 82 anos, ele diz que tem "luz para fazer caridade pela intersecção de Santo Amaro", o padroeiro do bairro onde vive, na zona rural de Teresópolis. Mesmo assim, o rezadeiro não dispensa as imagens que ganha de presente: São Jorge, Nossa Senhora da Aparecida, Santo Antônio, Preto-Velho, Caboclo Marinheiro e até uma de Nossa Senhora de Fátima trazida de Portugal são algumas delas. 

De segunda a sexta-feira, ele atende, em média, seis pessoas por dia, na casa onde vive sozinho, cercado de verde. Viúvo duas vezes, Seu Titino - que tem três filhas, nove netos e seis bisnetos - se arrisca na sanfona e no violão, além de conhecer o calango, fazer versos e tocar acordeon. Mas é disciplinado: às cinco horas da manhã, já está de pé, "para cuidar dos bichos".  

Depois das tarefas, reza até as cinco da tarde, tirando o quebrante que não deixa o recém-nascido mamar nem dormir; fazendo preces para cortar o labirinto que esteja fazendo mal à famílias; tirando o olho grande da inveja alheia; ou curando problemas de saúde. "Desde criança, ele é meu médico para assuntos que remédio nenhum de laboratório cura", diz o caminhoneiro Maurício Leal,  que está tratando um "cobreiro" à base de raminho de erva vassoura preta banhado em água com sal e muita reza.

"Mas tem que passar quatro horas sem tomar banho porque, se lavar o corpo, a reza não faz efeito", orienta o rezadeiro. Procurado por gente de tudo que é canto, Seu Titino, às vezes, faz rezas e não sabe repetir o que disse, como se as palavras fossem "sopradas". Isso porque, segundo ele, tudo o que faz é "pelo mistério de Deus". "Deus está aqui como o Sol, como a Lua, como a estrela", afirma o rezadeiro.


 


Serviço

Endereço: Distrito de Santo Amaro, ao lado da Capela de Santo Amaro, Teresópolis - RJ

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações