Projeto Kiriê De Griot

Patrimônio Imaterial - Rio das Ostras


 

O projeto Kiriê De Griot estuda os processos de criação, ensino e performance da dança-teatro de origens africanas e ameríndias. Ele é desenvolvido pela professora Denise Mancebo Zenicola, do Polo Universitário de Rio das Ostras (PURO ?UFF). Em 2012, recebeu financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro (Faperj) para realização de oficinas abertas ao público, apresentações de espetáculo teatral e palestras.

A apresentação de dança contemporânea Mamiwata é parte do projeto e ganhou o prêmio Funarte/Petrobras Klauss Vianna 2012/2013, de circulação de dança na região Sudeste. É encenada pelo coletivo Muanes Dança Teatro, também dirigido pela professora Denise, e formado por bailarinos, atores, músicos e capoeiristas. Em cena, o coletivo retrata o mito de Mamiwata, presente em uma dezena de países da África há mais de dois milênios, e representado por uma mulher sereia que carrega nos braços uma cobra. 

Simbolizada no Brasil por Iemanjá, orixá do candomblé e da umbanda, a mulher ? peixe é definida pela ambivalência, sabedoria, adaptação e encantamento. Os artistas do Muanes contam essa história com muito batuque, dança, canto e dramatização. Seu objetivo, dentro do projeto Kiriê de Griot, é fortalecer e difundir a cultura africana.

 

 


Serviço

Telefone: (22) 2764-9604
Site: http://www.puro.uff.br/

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações