Pedro Simões

Gente - Barra do Piraí


 

Galeria de Fotos

Registro dos tempos

Fotógrafo preferido das famílias tradicionais. Foto: Isabela Kassow/Diadorim Ideias.
< >

Navegue pelo Mapa

Nascido em 1951, o fotógrafo Pedro Simões guarda o maior acervo de imagens da memória da cidade. Gosta tanto do passado, que também é dono do antiquário e brechó Sinal dos Tempos. Situada no coração de Barra do Piraí, a loja possui móveis, roupas e chapéus de época.

Simões tem o maior acervo fotográfico da cidade. Foto: Isabela Kassow/Diadorim Ideias

Entre peças valiosas, estão um oratório mineiro de jacarandá do século XIX uma estátua de bronze de Nossa Senhora da Conceição e um relógio cuco suíço. O antiquário divide espaço com o estúdio de fotografia de Simões, que é o profissional preferido das famílias tradicionais da região. "Fotografo casamentos em que as avós das noivas também foram fotografadas por mim na mocidade", observa ele, que aprendeu o ofício com seu pai, famoso retratista do município.

"Comecei a tirar foto com uma máquina lambe-lambe de madeira", recorda. Simões guarda negativos em lâmina de vidro, considerados raridade nos tempos digitais. Também conserva imagens preciosas, como uma fotografia de Barra do Piraí tirada em 1854 e encontrada na rua por um lixeiro do bairro.

Imagens raras de Piraí. Foto: Isabela Kassow/Diadorim Ideias

Faz parte de seu acervo ainda o espólio do Cine - Teatro Esperanza, erguido em 1933. Dizem na cidade que o compositor Herivelto Martins teria começado sua carreira como ator no extinto Cine -Teatro Esperanza. Simões está digitalizando todo o acervo fotográfico. "Sou solteiro e não tenho filhos. Não posso deixar a história morrer comigo", desabafa ele, que pretende doar sua coleção de imagens para um centro cultural.  


Serviço

Endereço: Rua Paulo de Frontin, 9, Centro
Telefone: (24) 2443-1167

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações