Patrimônio Ferroviário

Patrimônio Material - Engenheiro Paulo de Frontin


 

Galeria de Fotos

Estação Ferroviária Engenheiro Paulo de Frontin. Foto: Isabela Kassow/Diadorim Ideias
< >

A cidade de Engenheiro Paulo de Frontin preserva um centenário patrimônio ferroviário formado por cinco estações de trem, construídas no modelo das gares inglesas. A mais relevante delas é a Estação de Engenheiro Paulo de Frontin, inaugurada em 1863, que abriga um Centro Cultural e a Secretaria de Cultura. A estação. Ela faz parte do inventário das Estações Ferroviárias do Inepac.

Localizada no centro da cidade, a estação é formada por duas plataformas (com ligação subterrânea) e duas vias férreas. Quanto à arquitetura, sua construção é feita por tijolos maciços aparentes, com ornamentação detalhada em branco. Com três portas e duas janelas no módulo central da estação, tem esquadrias de madeira pintadas em marrom.

Inaugurada pela família imperial, era conhecida como "Rodeio", tendo recebido na década de 1920 o nome Paulo de Frontin, em homenagem ao engenheiro e político que atuou no desenvolvimento da linha férrea na cidade, entre outros feitos. Até meados dos anos 1990, o município fazia parte da rota de trens que iam de São Paulo para Belo Horizonte e do Rio para a capital paulista, sendo também uma das paradas do trem Barrinha, que fazia o percurso Japeri-Barra do Piraí.


Serviço

Endereço: Estação Engenheiro Paulo de Frontin - Rua Nossa Senhora de Fátima, Centro, Engenheiro Paulo de Frontin.

Navegue pelo Mapa

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações