Nós do Morro

Destaques - Rio de Janeiro


 

Galeria de Fotos

Alunos são do Vidigal e de outras comunidades do Rio.  Foto: Isabela Kassow/Diadorim Ideias
< >

Navegue pelo Mapa

Em 1986, o jornalista e ator Guti Fraga uniu-se a um grupo de jovens do morro do Vidigal, na zona sul da cidade, para tocar o projeto Teatro-Comunidade. A ideia era facilitar o acesso dos moradores da favela à arte e à cultura. Hoje, o projeto oferece cursos de formação nas áreas de teatro (atores e técnicos) e cinema (roteiristas, diretores e técnicos) para alunos de dentro e de fora do morro.

Foto: Isabela Kassov/ Diadorim Ideias
A partir de 2001, com o patrocínio da Petrobras, o projeto se consolidou. Ganhou um espaço físico na comunidade, o Casarão; as turmas foram divididas por faixa etária e foi criada uma grade curricular. O Nós do Morro tornou-se uma marca. No Vidigal e em comunidades de outras cidades foram instaladas oficinas de teatro, cinema, canto, dança, música e núcleos de produção.

Ao todo participam do projeto 525 pessoas, 90% jovens e crianças. Através da formação artística, o Nós do Morro permite que os alunos construam sua identidade e sejam pró-ativos na comunidade. Interpretação, Artes Visuais, História do Teatro, Capoeira, Preparação Vocal, Literatura, Contação de História, Percussão, Circo, Canto, História do Cinema - Roteiro, Direção, Fotografia, Produção e Edição são algumas das disciplinas ministradas. O Casarão do Nós do Morro, no Vidigal, possui um salão para exibição de filmes e debates,  e apresentação de peças teatrais. Também conta com uma ilha de edição.

Em Nova Iguaçu, o Nós do Morro montou oficinas  em escolas municipais e capacitou um grupo de artistas da região para multiplicarem o conteúdo dos cursos. Saíram do núcleo de Nova Iguaçu, por exemplo, indicações de atores para os elencos dos filmes Cidade de Deus e Tropa de Elite.

Curtas produzidos pelo Nós do Morro - como os premiados O Jeito Brasileiro de ser Português, Neguinho e Kika, Mina de Fé e Picolé, Pintinho e Pipa -  têm viajado o mundo em exibição em festivais. Do Nós do Morro saíram também nomes como os de Luciana Bezerra e Luciano Vidigal, diretores de episódios do longa 5 Vezes Favela, produzido por Cacá Diegues. O filme foi apresentado no Festival Internacional de Cinema de Cannes (França) e premiado no Festival de Paulínia (SP).


Serviço

Endereço: Rua Dr. Olinto Magalhães, 54, Vidigal.
Telefone: (21) 2512-4758
Site: www.nosdomorro.com.br

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações