Museu Vicente Celestino

Espaços Culturais - Valença


 

Galeria de Fotos

Figurino do filme 'O Ébrio' é destaque do acervo.  Foto: Isabela Kassow/ Diadorim Ideias
< >

O museu guarda vasto material pessoal do cantor Vicente Celestino e de sua mulher, a cineasta Gilda Abreu, além de objetos do casal de cantores Nora Ney e Jorge Goulart, na galeria dos imortais. Destaque para o figurino de Vicente Celestino no filme O Ébrio e para o violão do cantor.

As roupas usadas pelo casal no dia do casamento também estão lá. Gilda foi a segunda mulher a dirigir cinema no Brasil, assinando, além de O Ébrio, títulos como Bonequinha de Seda, Pinguinho de Gente e Coração Materno. Também está exposta a foto da última apresentação de Vicente Celestino, que morreu de enfarte em 23 de agosto de 1968.

O museu tem 5 mil cópias de discos do artista e sala de pesquisa da MPB, com mais de 4 mil fotos, recortes de jornais e revistas. Foi criado por Wolney Porto, em 1999, depois de carreira como produtor musical na TV Record. Ele também foi o responsável pela abertura do museu em homenagem a Silvio Caldas, Nelson Gonçalves, Guilherme de Brito e Gilberto Alves, também em Conservatória. Em casa, Wolney guarda ainda uma coleção de 11 mil discos em vinil de artistas da MPB.


Serviço

Endereço: Rua Pedro Gomes, 50, Conservatória
Telefone: (24) 2438-1134
Horário de Funcionamento:

Sex, 13h à meia-noite Sab, das 8h às 12h e das 13h à meia-noite Dom, das 8h às 12h e das 13h às 16h

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações