Mestre Azulão

Gente - Nova Iguaçu


 

O cordelista Mestre Azulão tem muita história em seus mais de 80 anos de vida. O primeiro trabalho com música foi no programa de Almirante na Rádio Tupi, em 1949, quando formou a dupla Azulão & Canteirinha. Cantava muito em canteiro de obras para os "paus de arara que construíam o Rio", como costuma dizer. Conheceu políticos como JK (escreveu um livro de cordel para ele), Jango, Getúlio e Brizola.

Azulão dá duas aulas por semana no pavilhão da Feira de São Cristóvão. Já publicou "mais de 300 livros" e viajou para a Europa para apresentações de cordel. Aos domingos pode ser encontrado do lado de fora da feira vendendo seus livros, das 9h às 17h. Azulão diz ser "semianalfabeto" e afirma que cordel não se aprende na escola.


Serviço

Endereço: Rua Celina Lima 11, Centro de Engenheiro Pedreira
Site: http://www.camarabrasileira.com/cordel17.htm

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações