Luciano Araújo

Gente - Angra dos Reis


 

Galeria de Fotos

< >

Navegue pelo Mapa

Luciano Araújo sempre gostou de circo. Desde pequeno. Sempre foi bom em montar coisas; "nasceu com o dom", ele diz. E não sossegou enquanto não reproduziu, com perfeição e algumas adaptações, o seu próprio picadeiro.

Luciano Araújo, o palhaço Pamonha. Foto: Isabela Kassow/Diadorim Ideias
O ator, produtor e diretor também é palhaço. Depois de frequentar a Escola Nacional de Circo, de participar do grupo Lume, de ganhar prêmios em festivais de teatro no Espírito Santo e na Bahia, de viajar com o Circo Rodeio Maravilha, e de ter sido professor de técnicas circenses, agora ele circula numa kombi cheia de tralhas valiosas. É de lá que sai o Palhaço Pamonha, cria do artista, que não tem medo de pegar estrada longa nem de dormir no carro se há plateia no destino. E sempre há. Em Areal, Japuíba, na Enseada, Jacuacanga, em Belém. Pelos bairros de Angra dos Reis e até no Chile, Luciano já encontrou público.

Ele criou o Quintal do Circo, a companhia que funciona dentro do calhambeque, onde tudo se espreme, mas todo o espetáculo entra. Vestido de paletó xadrez e calça preta mesmo com sol a pino, o palhaço Pamonha faz malabares, mágica, pede atenção a quem passa para mostrar sua graça. O público de rua é passageiro, Luciano já sabe por experiência. E é exatamente para essa gente que sai para pagar uma conta, dar uma volta ou comprar um remédio que ele trabalha. Para provocar o riso inesperado. O espaço do circo, agora, é a rua.


Serviço

Telefone: (24) 99954-0223 (Luciano Araújo)
Email: quintaldocirco@oi.com.br
Site: https://www.facebook.com/quintal.docirco

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações