Jornal Voto Livre

Outras Atrações - Cantagalo


 

Impresso em uma tipografia situada no Largo da Matriz, em Cantagalo, com quatro páginas e pouquíssimas gravuras, o jornal Voto Livre dedicava espaço aos fatos locais e regionais. Publicava cartas, reclamações e sugestões de leitores; promovia festas e peças teatrais, e narrava o cotidiano cantagalense. O periódico sobreviveu por quase oito anos no século XIX e retratou acontecimentos importantes, como a abolição da escravatura e a proclamação da República. Suas notícias abordaram também a praga nos cafezais, as revoltas nas senzalas, a chegada do trem. Seus anúncios abalizavam os costumes e os modos de vida da sociedade oitocentista. O Voto Livre foi censurado pelo governo e no dia 17 de novembro de 1889 circulou pela última vez. Este exemplar está arquivado na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro e disponibilizado ao público.


Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações