Igreja da Candelária

Patrimônio Material - Rio de Janeiro


 

Galeria de Fotos

Igreja da Candelária. Foto: Isabela Kassow/Diadorim Ideias
< >

Navegue pelo Mapa

Um fato curioso marcou a decisão da construção da Igreja da Candelária: conta-se que sua origem seria uma promessa feita por Antonio Martins da Palma e sua esposa Leonor Gonçalves, ainda no século 17. Em meio a uma viagem de navio para o Rio de Janeiro, o casal se viu diante de uma forte tempestade que quase devastou a embarcação. Devotos de Nossa Senhora da Candelária, prometeram que erguiriam uma igreja em seu louvor, caso chegassem sãos e salvos a seu destino.

Tendo sobrevivido à tempestade, cumpriram sua promessa construindo uma pequena capela na Praça Pio XI, inaugurada em 18 de agosto de 1634, e que seria a origem da imponente Candelária. Em 1775, devido à má conservação da igrejinha, decidiu-se pela construção de um novo templo, que seria finalizado apenas em 10 de julho de 1898.  


A Igreja da Candelária tem planta em cruz latina, com a nave central sendo a parte inferior da haste, enquanto a capela-mor corresponde à parte superior e as capelas fundas (com altares do Santíssimo Sacramento e de Nossa Senhora das Dores), aos braços. A igreja tem ainda revestimento interior em mármore, fachada em cantaria e portas trabalhadas em bronze pelo escultor português Antonio Teixeira Lopes, em 1901. A fachada vertical é herança da arquitetura gótica, ao mesmo tempo em que apresenta traços neoclássicos, nos adornos e no frontão triangular ornamentado. Nas duas torres, estão instalados relógios, sendo que um indica as horas e o outro, os dias do mês, da semana e também as fases da lua.

No teto da nave há seis painéis de Zeferino da Costa, que contam a história da igreja, considerada uma das mais belas do Rio. O mesmo artista é responsável pelos painéis que adornam a parte de cima da cúpula da Igreja, representando personagens do Antigo Testamento, a Virgem Maria e as Sete Virtudes. A Candelária abriga também um museu sacro, um arquivo com documentos datados dos séculos 18 e 19 e uma biblioteca, inaugurada em 2001.

A Igreja é também o lar da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Candelária, entidade beneficiente responsável, entre outras atividades, pela manutenção do Pensionato Frei Antônio (antigo Hospital dos Lázaros, foi pioneiro no tratamento da hanseníase no Rio) e do Educandário Gonçalves de Araújo (colégio em regime de externato misto, com ensino fundamental completo).

A Irmandade realiza também, periodicamente, exposições fotográficas e encontros para resgate e divulgação da história e da arte da Candelária, além de ser responsável pela programação de concertos de música erudita e sacra, apresentados nas próprias dependências da igreja ou em espaços do complexo histórico-cultural do Centro do Rio (o Centro Cultural Banco do Brasil, o Espaço Cultural da Marinha, entre outros).


Serviço

Endereço: Praça Pio X - Rio de Janeiro
Telefone: (21) 2233-2324
Horário de Funcionamento:

Seg a sex, das 7h30 às 15h50; sáb, das 9h às 12h; dom, das 9h às 13h

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações