Dom Francisco de Orleans e Bragança

Gente - Petrópolis


 

Dom Francisco cuida dos negócios da Família Imperial. Foto: Isabela Kassow/ Diadorim Ideias
Com cinco tatuagens adquiridas na juventude - quando emigrou para o Canadá, onde trabalhou por dois anos como motorista e motosserrista ? e postura pouco convencional, Dom Francisco assumiu os negócios da Família Imperial em Petrópolis há 30 anos. "As pessoas nos cobram uma postura, mas não me considero nem príncipe, nem plebeu, não gosto de estratificar as pessoas", explica ele, aos 55 anos. Ele está à frente do jornal Tribuna de Petrópolis, fundado em 1902 e comprado na década de 50 por seu pai, D. Pedro Gastão de Orleans e Bragança, figura carismática e lembrada como 'o último cavaleiro' pelos moradores da cidade.

Além de herdar o jornal, D. Francisco criou outras empresas, que integram o Grupo Tribuna. O Príncipe também é proprietário da cervejaria Cidade Imperial, uma microcervejaria nos moldes das alemãs, fundada em 1997, que produz cerca de 70 mil litros/mês de cerveja e chope. Seu avô paterno era filho da Princesa Isabel, casado com uma tcheca. Os avós maternos são da Família Real espanhola (sua mãe era tia do rei Juan Carlos, de Espanha). Formado em Economia, depois de ter estudado Agronomia, tem o mesmo hobby que seu antepassado, o Imperador Dom Pedro II: a fotografia.


Serviço

Telefone: (24) 2244-2444
Email: fob@e-tribuna.com.br

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações