Companhia Dançando para não Dançar

Destaques - Rio de Janeiro


 

A Companhia Dançando para não Dançar vem popularizando a dança clássica e é composta por bailarinos de 13 comunidades populares do Rio de Janeiro: Rocinha, Mangueira, Cantagalo, Pavão-Pavãozinho, Chapéu Mangueira, Babilônia, Macacos, Tuiuti, Jacarezinho, Salgueiro, Santa Marta e Oswaldo Cruz. Atualmente, são cerca de 500 crianças e jovens, de 7 a 19 anos.

A formação da companhia nasceu da necessidade de dar aos jovens alunos a chance de continuar a formação e o desenvolvimento profissional na área da dança, bem como criar mecanismos para geração de renda e para formação plena de cidadania.

O Dançando para não Dançar foi criado em 1995 e é patrocinado pela Petrobras desde 1997. Utiliza o perfil lúdico do balé clássico como instrumento de inclusão social e de cidadania ao proporcionar acesso à formação em uma profissão que dificilmente jovens carentes ingressariam.

Além das aulas de dança, a companhia oferece também suporte socioeducativo, com aulas de informática e reforço escolar; assistência médica e ortodôntica e acompanhamento com assistente social, psicólogo e fonoaudióloga, inclusive para os familiares.

Nos últimos anos, o projeto integrou várias crianças à Escola de Dança Maria Olenewa, do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Dez desses alunos foram encaminhados para especialização em companhias e escolas de dança no Brasil e no exterior.

Ronan Clemente, que iniciou seus estudos na companhia e foi para a Staatliche Ballettschule Berlin. Foto: Divulgação/ Konrad Hirsch

 


Serviço

Endereço: Rua Frei Caneca, 139 - Centro
Telefone: (21) 7864.9675
Email: projetodancando@gmail.com / projetodancando@ig.com.br
Site: http://www.dancandoparanaodancar.org.br/

Navegue pelo Mapa

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações