Bairro da Passagem

Patrimônio Material - Cabo Frio


 

Galeria de Fotos

Riqueza Arquitetônica

< >

Navegue pelo Mapa

O bairro da Passagem surgiu como base de  apoio na travessia para o Canal do Itajuru. Tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (INEPAC), é a área de povoação portuguesa mais antiga de Cabo Frio e o único núcleo urbano entre 1616 e 1660. As riquezas arquitetônica e histórica transformaram o local em ponto turístico que ainda mantém características da fundação da cidade.

São tombadas diversas construções que ficam no Largo  São Benedito e suas adjacências: a Igreja de São Benedito; os imóveis de n.ºs. 8,11,13,53 e 60 do Largo; a casa nº399 da Avenida Almirante Barroso; a casa nº 25  da Rua Maestro Clodomiro Guimarães de Oliveira; as casas nº 5, 9 e 58 da Rua 1º de Maio (antiga rua do Salga Peixe); e as casas nº 16,22,30,36,58,66 e 78 da Rua Manoel Antônio Ribeiro (antiga rua da Penha).

Ali surgiram as primeiras construções, como o Largo São Benedito; as ruas sãos estreitas, o  calçamento é antigo, as casas têm  janelas baixas e coloridas. O lugar também foi palco de festas religiosas e tradicionais, e berço dos blocos carnavalescos que marcaram a cultura negra na região.

Hoje o turístico bairro da Passagem também serve de moradia e trabalho para os cabofrienses. Tem com uma de suas atrações  a oitocentista igreja de São Benedito. Ela abrigava os escravos associados em irmandades, já que não tinham permissão para freqüentar a mesma igreja que os brancos. A pequenina igreja é um primor da arquitetura religiosa colonial, declarada patrimônio cultural do município.


Serviço

Endereço: O bairro está localizado na região norte da cidade, na margem direita do canal de Itajuru.

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações