Baile Charme

Agenda Fixa - Rio de Janeiro


 

Galeria de Fotos

Charme no Dutão

Foto: Isabela Kassow/Diadorim Ideias
< >

Navegue pelo Mapa

Há mais de vinte anos reduto carioca da música black, o Baile Charme reúne até duas mil pessoas aos sábados, sob o viaduto Negrão de Lima, conhecido por Dutão, em Madureira, na zona norte da cidade. É outro Rio de Janeiro a ser descoberto. Na pista central, coreografias de passos combinados coordenadas por charmeiros de carteirinha são seguidas por um público que desfila estilos variados da cultura negra, da estética à atitude. No palco, comandam as pick ups djs de hip hop, rhythm and blues e soul.

O Dj Michell, um dos fundadores do evento, explica que o termo charme foi cunhado pelo DJ Corello,  entre 1979 e 1980, em um baile que acontecia no clube Mackenzie. No set de música lenta, Corelo falava para a plateia: "chegou a hora do charminho, transe seu corpinho bem devagarinho", relembra Michell. O Baile Charme surgiu com um grupo de camelôs do viaduto de Madureira que também gostava de discotecagem. O nome de batismo foi Projeto Charme na Rua e contou com apoio do renomado DJ Malboro, que emprestou os equipamentos. Hoje o Baile Charme já está na terceira geração de charmeiros do viaduto, netos dos primeiros freqüentadores do Dutão.

É uma tradição do Baile  homenagear charmeiros de destaque com o Prêmio Halley, uma referência a um dos frequentadores mais antigos do espaço. Já levou o Halley, por exemplo, o dançarino Fly, hoje coreógrafo. Fly, ex-integrante do grupo You Can Dance, também mantém o site Dance com o Fly, onde disponibiliza espaço para charmeiros poderem mostrar seu talento e terem oportunidades de trabalho.

A área embaixo do viaduto Negrão de Lima é ocupada durante o dia por camelôs. Na terceira quinta-feira do mês, acontece durante a noite o projeto de jongo e ciranda Companhia de Aruanda. Nas noites de sábado,  entre as duas rampas de carros que dão acesso ao Viaduto Negrão, a área é ocupada pelo Espaço Cultural Charme, criado por lei pela Câmara de Vereadores do Rio em 2000 para promoção dos ritmos charme e pagode. Durante os bailes, são vendidos cds de grupos de charme e há barraquinhas de salgadinhos e caipirinhas incrementadas.


Serviço

Endereço: Viaduto Negrão de Lima, Madureira.
Telefone: (21) 97836-8748
Site: http://viadutodemadureira.com.br/
Horário de Funcionamento:

Sábados, a partir de meia-noite.

Secretaria de Cultura do Estado do Rio de Janeiro Petrobras

Apple Store Google Play

Coordenação, Produção e Conteúdo    Diadorim ideias & comunicações